fbpx

Notícias

Um novo conceito de gestão hospitalar que vem de Natal

O médico Luiz Roberto Fonseca foi secretário de saúde de Natal e do Rio Grande do Norte

 

O que faz diferença hoje no setor hospitalar? Quais são os parâmetros que norteiam os gestores e profissionais de saúde? Por que a crise afeta muitas instituições e outras estão cada vez melhores? As respostas a essas e várias outras perguntas podem vir de Natal, capital do Rio Grande do Norte.  A experiência vivenciada lá nos últimos anos pôde ser conferida na palestra A gestão integrada dos leitos de UTI e salas cirúrgicas. Modelos que agregam valor aos pacientes e usuários com alta redução de custos operacionais que aconteceu no II Congresso Brasileiro de Gestão Hospitalar Privada.

O médico, ex-secretário municipal de saúde de Natal, ex-secretário estadual de saúde do Rio Grande do Norte e atual diretor do Hospital Rio Grande, Luiz Roberto Fonseca, esteve por uma hora explicando as condicionantes para boas experiências nos setores públicos e privados da saúde.  A realidade do setor no país convive com baixos investimentos. Basta ver os números atuais. No Brasil, o governo investe menos de mil reais por pessoa por ano. Na Inglaterra esse número é de 3,8 mil dólares anuais, nossa vizinha, a Argentina investe 1,8 mil reais e o Chile, 1,9 mil reais. Mas esses baixos números nacionais não são, para pessoas como Luiz Roberto, um problema. Para ele vai surgir um novo conceito no mercado e que deve afetar todos os setores: o “anti-frágil”. Essa anti-fragilidade prepara empresas, instituições e profissionais para as volatilidades financeiras e para futuras crises.

Para ele, “um novo conceito de gestão de profissionais focado em descentralizar equipes, empoderar e pertencer, participação nos lucros, performance,  partilhar o projeto da empresa, dar clareza a eles do que está sendo realizado, traz pontos importantes para a mudança e fortalecimento das empresas”. Segundo Luiz Roberto, arriscar, ter novas ideias, olhar sob outra ótica e trazer para si os problemas e dificuldades são novos paradigmas que devem ser absorvidos. “Inovar, sair do lugar comum, ser audacioso. Não deixar que aspectos políticos sobreponham aos técnicos na gestão pública e entender na gestão privada que o mercado não é mais o mesmo”. No Hospital Rio Grande a substituição de equipamentos obsoletos pela locação de novos trouxe resultados muito positivos. Leitos, UTI’s e vários equipamentos da instituição foram completamente terceirizados e trouxeram maior qualidade para o atendimento ao paciente e agilidade para suas manutenções.  

Outra iniciativa de sucesso para o hospital foi a parceria com uma clínica de ortopedia que entrou em um dos espaços que não eram utilizados na instituição e montaram um centro de excelência  que cuida de todas as especialidades ortopédicas. O resultados dessas iniciativas retiraram o hospital de uma situação de agonia econômica para uma rentabilidade de 7 milhões mensais. “Aquele mercado antigo onde os hospitais eram um grande centro de comercialização ficou no passado. Isso quase faliu os hospitais. Nós precisamos trazer a sinistralidade para dentro do hospital, o risco tem que estar aqui”, disse. E conclui: “você tem que ter uma equipe médica sólida, uma equipe de enfermagem que você confia, uma equipe multidisciplinar para poder ter protocolos rígidos que sejam obedecidos, check lists que sejam seguidos para que você possa desafiar o mercado”.   

Assine nossa newsletter

Receba as principais notícias do setor e saiba em primeira mão as novidades da Expo-Hospital Brasil 2018.

Contato

(31) 3568-3350 | 3568-3370
(31) 3568-3374 | 3568-3339
Rua Araguari, 359 - Barro Preto
Belo Horizonte - MG
This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.

Error: admin-ajax.php test was not successful. Some features may not be available.

Please visit this page to troubleshoot.